quarta-feira, 11 de maio de 2011

ORGANIZANDO ORLANDO

Nossa viagem foi assim:
Época: janeiro
Hotel: Yacht Club *****; Beach Club *****.
Faixa etária das crianças: 1-3 anos ****; 3-5 anos ***; 5-7 anos *****; 7-9 anos *****.

Acabamos de publicar todos os posts que havíamos preparado sobre a cidade de Orlando e alguns dos parques que visitamos. Esse post tem o objetivo de organizar todas as postagens que já publicamos, para facilitar seu acesso a elas - afinal de contas, são 14 posts que de alguma maneira falam sobre a cidade de Orlando. Incluímos aqui também todos os links importantes sobre a Disney, para que você possa ter à mão uma única página à qual recorrer para acessar qualquer tipo de informação.

Melhor idade: antes mesmo de seu primeiro filho completar um ano de idade, muitos pais já começam a sonhar com a primeira viagem da família à Disney. Veja aqui nosso post que discute a melhor idade para levar seus pimpolhos para lá, mas nunca se esqueça de levar em consideração as particularidades de seus filhos e de sua família, pois esse é sempre o critério mais importante. Além disso, há divergência de opiniões sobre a melhor idade, como você pode ver tanto na postagem, quanto nos comentários de nossos leitores.

Antes de mais nada...: uma vez decidida a melhor idade, e portanto o ano em que vocês vão visitar o Mickey, é preciso colocar mãos à obra. Outras decisões como a época da viagem, quanto tempo ficar lá, onde se hospedar, como planejar seus dias e refeições, tudo isso pede por uma pesquisa extensiva, pois Orlando é um destino que oferece dezenas de opções, podendo deixar qualquer um tonto diante de tantas informações. Clique aqui para ler um post que ajuda a iniciar o planejamento de sua viagem.

Hospedando-se com o Mickey: se você decidir ficar hospedado na Disney, leia aqui as nossas dicas para aproveitar melhor sua estadia e decidir em qual região do complexo se hospedar, se vai utilizar o dining plan, entre outras coisas. Caso utilize o plano de refeições da Disney, clique aqui para saber como aproveitá-lo ao máximo.

Qualquer que seja sua decisão sobre a viagem, uma coisa que não poderá de deixar de fazer é visitar os parques da Disney. Clique no nome do parque para ler nossos posts sobre cada um: Magic Kingdom, o principal parque do complexo onde há o famoso castelo da Cinderela; Epcot, o segundo parque a ser inaugurado, cujo símbolo é a esfera futurista; o Animal Kingdom, onde os animais e cenários exóticos são o destaque; e o Disney´s Hollywood Studios, inspirado em filmes de cinema em geral, e personagens Pixar em particular.

Outra visita obrigatória são os dois parques do Universal: o Universal Studios propriamente dito, quase totalmente inspirado em filmes da empresa; e o Islands of Adventure, um parque interessante, mas cujo verdadeiro destaque é o Wizarding World of Harry Potter, a novidade mais quente dos EUA em 2010.

Se quiser saber nossa opinião sobre todos os restaurantes que experimentamos enquanto estivemos na Disney, clique aqui para acessar nosso post sobre 27 opções, entre restaurantes e fast-foods.

E depois de ler todas as dicas do Família Recomenda, não deixe de visitar esses sites:
- Walt Disney World, por motivos óbvios...
- Universal Orlando.
- Sea World.
- AllEars, para dicas sobre tudo Disney, descrições dos parques, calendário de feriados americanos, etc, etc.
- Mousesavers, para mais dicas práticas, bem como promoções e descontos especiais. Não deixe de assinar a newsletter eletrônica do site, que envia mensalmente para seu email várias ofertas exclusivas, não só sobre o WDW, mas sobre tudo que é Disney.
- Theme Park Insider, com informações e curiosidades sobre todos os parques de diversões dos EUA.
- Touring Plans, o site do guia Unofficial Guide, com informações muito boas sobre os parques, calendário com previsão de multidões, etc. Agora uma boa parte do site é restrita para assinantes.
- Disboards, um site só de fóruns onde internautas postam suas opiniões sobre tudo que é Disney.
- Disney´s Mom´s Panel, onde você pode postar perguntas para "mães" especialistas em Disney responderem, ou consultar as respostas já dadas a outras perguntas.
- Blog da Disney, que você pode seguir no Facebook e ver as últimas novidades dos parques, hotéis e navios da empresa, contadas em primeira mão por funcionários da própria Disney.

Uma descrição mais detalhada desses sites você pode encontrar clicando aqui.

Boa viagem!

domingo, 8 de maio de 2011

UM RATO NO RESTAURANTE


Waffle com formato de
rato? Só na Disney!
Para as crianças, que cresceram vendo o Mickey e o Rémy circulando com toda desenvoltura pelas telas e cozinhas do mundo, não há nada de errado em entrar num restaurante e dar de cara com um rato. E para os pais? Será que as refeições com o Mickey e outros personagens darão indigestão? Ou são mesmo tão boas quanto dizem por aí? E haverá vida SEM personagens enquanto você estiver na Disney? E a comida de fast-food do WDW, será que é mesmo tão ruim assim?

Para ajudar você a puxar o primeiro fiozinho desse novelo, e começar a desenrolá-lo, decidimos reunir nesse post as nossas opiniões sobre todos os restaurantes da Disney que já visitamos. Alguns já haviam sido comentados em nossas postagens anteriores, e acrescentamos mais alguns que não ficam nos parques, portanto não tinham saído em lugar nenhum.

Para garantir lugar nas refeições mais disputadas, faça a reserva no site da Disney (clique aqui para acessá-lo). Recomendamos que, se estiver com crianças muito pequenas, ou com muitas crianças, prefira as refeições à la carte ou "family style", em que a comida é trazida à mesa em porções familiares por garçons. Buffet é muito bom porque tem variedade e é rápido - você chega e já sai comendo. Mas se estiver com muitas crianças que necessitam de ajuda, você vai ficar metade da refeição indo e voltando do buffet, e, se houver personagens, a outra metade do tempo passará fotografando-os. No final das contas, vai sair sem ter conseguido comer direito.

Um detalhe importante para as refeições com personagens é verificar em quais horários eles estão presentes em cada um. É muito frequente um restaurante ter personagens no café-da-manhã e não no almoço e jantar, ou vice-versa. Essas informações também estão presentes no site da Disney.

Em tempo, as respostas para as perguntas acima: sim, as refeições com personagens são imperdíveis e divertidíssimas, apesar de um pouco cansativas; sim, há mais do que personagens nos restaurantes, e até mesmo muitos restaurantes deliciosos SEM personagens; e não, a comida de fast-food já não é tão ruim quanto foi no passado. Bom apetite!

Magic Kingdom (para ler o post completo sobre esse parque, clique aqui)

Não se esqueça de que nesse parque não se servem bebidas alcoólicas. Então se você quiser um vinho ou uma cervejinha para acompanhar sua refeição, escolha outro lugar para comer!

Fachada do Crystal Palace.
1. Crystal Palace ***** (buffet com personagens): um dos jantares com personagens (Urso Pooh & cia) mais disputados da Disney, o Crystal Palace fica localizado na praça bem em frente ao castelo da Cinderela. O ambiente é muito bonito e um pouco agitado, mas isso acontece com quase todas as refeições com personagens - a animação das crianças contagia o salão inteiro. O buffet é extensivo, variado e gostoso. Há muitas opções saborosas e saudáveis, mas a comida é do tipo "basiquinho americano", não ousa muito nem tem receitas exóticas. Os personagens são incríveis, aparecem com bastante frequência e visitam todas as mesas. O Urso Pooh, Leitão e Ió são muito carinhosos, enquanto Tigrão, o destaque da refeição, não para de pular, pregar peças nos outros personagens, e fazer brincadeiras com adultos e crianças.

2. Liberty Tree Tavern *** (à la carte): o tema e o menu supostamente são de comida tradicional americana, daquelas que a gente vê em filmes sobre a Guerra de Secessão e outros momentos históricos. Tem picadinho de carne, peru, carneiro, além de sanduíches e saladas, tudo à la carte e razoavelmente bem preparado. O serviço não é particularmente simpático, mas é eficiente, rápido e polido.

3. Tony´s Town Square *** (à la carte): inspirado no restaurante italiano da Dama e o Vagabundo, é um restaurante, bem, italiano! As massas são apetitosas e bem servidas, mas o serviço é rude e desatencioso. Como acabamos reservando o último horário (o restaurante fecha antes das 10 da noite), o salão ficou quase vazio e os garçons ficaram a um canto, batendo papo, solenemente ignorando a maioria dos nossos pedidos. Pelo menos isso aconteceu depois que já tínhamos recebido nossos pratos, assim não chegou a atrapalhar muito. Mas, por ser Disney, o serviço poderia ser melhor.

4. Cosmic Ray´s Starlight Cafe ** (fast-food): esse restaurante é enorme, com decoração "futurista" e  mesas dispostas em degraus. Mesmo assim, é uma briga para conseguir um lugar para sentar. O nível de barulho beira o insuportável nos horários mais cheios. O mais legal aqui é ver um extraterrestre animatrônico tocando teclado bem no centro do restaurante. A comida é totalmente esquecível; evite os hambúrgueres.

5. Pinocchio Village Haus *** (fast-food): o ambiente lembra uma cabana de madeira, só que bem grande. Para um fast-food, até que não é ruim: pizzas e alguns pratos italianos (nosso filho comeu parmeggiana), razoavelmente bem executados e em porções muito bem servidas. Se precisar de um lugar só para encher a barriga, mas não está disposto a comer os horríveis hambúrgueres da Disney, é uma boa opção.

6. Main Street Bakery ***** (padaria): fuja daqui nos horários de pico (9, 10 da manhã e a partir das 4 da tarde), pois da última vez que estivemos no MK, nem conseguimos entrar na padaria. A fila literalmente saía pela porta. O motivo? Croissants, muffins, donuts, cookies, tudo fresquinho e muito gostoso, pra satisfazer qualquer lombriga! Descobrimos que a padaria do Boardwalk serve produtos bem parecidos com os da Main St Bakery.

Epcot (leia o post sobre o parque clicando aqui).

1. Akershus **** (à la carte): sinceramente, não conseguimos lembrar do que comemos nesse restaurante. Com certeza não estava ruim, ou teríamos gravado isso na memória. Mas também não sabemos se estava bom. Nada disso importa, pois você veio aqui para encontrar a Cinderela, a Aurora, a Ariel, a Jasmin, a Bela. Temos certeza que você irá nos desculpar, pois a lembrança do brilho nos olhos das meninas da família com certeza ofuscou as memórias da comida que comemos lá! Em nosso post sobre o Epcot, leia nossas dicas para conseguir reserva para este jantar, pois não é tarefa fácil. Em 2011, a Disney elevou a quantidade de créditos do Dining Plan (leia mais sobre o plano nesse post sobre hospedagem na Disney) para comer nesse restaurante, portanto a reserva deve se tornar mais fácil de conseguir.

Via Napoli.

2. Via Napoli **** (à la carte): restaurante novinho em folha, administrado pela mesma empresa do Tutto Italia. Ambos ficam no pavilhão da Itália, é claro. O Via Napoli é mais informal e casual do que o Tutto Italia, e isso se reflete na comida. No menu, pizzas feitas no forno a lenha (uma raridade nos EUA), milanesas, parmeggianas, massas do sul da Itália, com muito molho de tomate, almôndegas, etc. As sobremesas são fantásticas - não deixe de experimentar uma taça que vem cheia de bolinhos de mascarpone fritos, parecendo bolinhos de chuva.

3. Tokyo Dining *** (à la carte): há muitos restaurantes de sushi melhores que este (especialmente se você mora em São Paulo), mas, se você estiver cansado de chicken fingers e barbecue ribs, é uma ótima pedida. Claro que os preços são um pouco salgados, mas a atmosfera de um Japão ocidentalizado e o serviço atencioso das garçonetes compensam. O sushi bar até que faz um serviço competente: o sushi e o sashimi são razoáveis. A cozinha, em compensação, é bem fraquinha: o missoshiru estava mais pra lá do que pra cá. Ah, e passe bem longe do tempurá - sem graça e meio murcho... Se conseguir uma reserva para o horário do show de fogos, dá pra ver daqui de dentro, pois o restaurante tem amplas janelas com vista para a lagoa.

4. Coral Reef *** (à la carte): restaurante de peixes que tem uma vista para o aquário do Epcot. A comida não chega a arrancar suspiros, mas é gostosa. O restaurante também é caro pelo que oferece, mas a vista do aquário é fenomenal - são grandes panos de vidro que ocupam uma parede inteira do restaurante. Você almoça com tubarões e arraias passeando bem ao seu lado! As mesas são dispostas em andares, como se fosse um anfiteatro, o que faz o nível de barulho desse restaurante beirar o insuportável.

Pavilhão do México
5. San Angel Inn ** (à la carte): restaurante mexicano que fica dentro da pirâmide maia do pavilhão do México. Lá dentro é escuro demais até mesmo para um morcego. Aparentemente a intenção era criar um ambiente em que sempre fosse noite, e nisso eles foram muito bem sucedidos! Leve aquele celular com lanterna, pois você vai precisar dele para ler o menu. A comida é razoável, mas faria qualquer mariachi revirar os olhos de desprezo: não se parece em nada com os pratos originais mexicanos. A melhor pedida são os peixes; o couvert é um cestinho de chips de tortilla com uns molhinhos bem gostosos. Mas, pra dizer a verdade, até agora não temos muita certeza do que comemos lá, pois não conseguíamos ver nem um palmo à frente do nariz!

Disney´s Hollywood Studios (clique aqui para ler nosso post sobre esse parque).

Nesse parque, você pode comprar um pacote que inclui restaurante e uma área reservada para assistir ao show Fantasmic. Nossa experiência com esse pacote foi totalmente infeliz, portanto não recomendamos, mas temos conhecidos que utilizaram e não se deram tão mal. Se você quiser tentar, faça a reserva o quanto antes no site da Disney. Nos comentários de nosso post sobre o parque, você poderá encontrar opiniões e experiências diferentes das nossas (e algumas semelhantes).

Sobremesas do Hollywood and Vine.
1. Hollywood and Vine *** (buffet com personagens): saboroso e variado, esse buffet não faz feio, apesar de não chegar aos pés do Crystal Palace ou Chef Mickey´s. A comida não tem muita personalidade, incluindo os já conhecidos nuggets, vegetais refogados, macarrão, além de "comfort food", como picadinho com molho, purê, etc. O destaque vai para as sobremesas. Os personagens desse buffet são de desenhos do Playhouse Disney, e vão agradar os menorzinhos (crianças de até 5, 6 anos), que têm TV a cabo em casa. Para os demais, vai passar totalmente em branco.

2. Mama Melrose´s ** (à la carte): fica num recanto distante do parque, e serve comida italiana sem muita inspiração. Massas com molhos pesados e um serviço apressado e desatencioso fazem desse restaurante uma das últimas opções que utilizamos quando vamos ao Studios. O único motivo para irmos a esse restaurante foi o dinner package do Fantasmic, e quem leu nosso post já sabe a decepção que acabou se tornando...

3. Starring Rolls Cafe **** (padaria e fast-food): nunca almoçamos nesse local, mas o café-da-manhã certamente vale a pena. Muffins, croissants, bagels, cappuccinos, tudo gostoso e servido rapidamente. Tem mesas para sentar do lado de fora.

Animal Kingdom (leia nosso post clicando aqui)

1. Yak and Yeti ***** (à la carte): restaurante de inspiração oriental, serve muito mais do que yakissoba e frango xadrez. Pratos baseados na cozinha tailandesa, chinesa e indiana incluem sopas, macarrão, camarão, legumes, arroz oriental. Muito uso do wok para refogados saborosos e coloridos, difíceis de encontrar nos EUA.
Buffet do Tusker House.


2. Tusker House **** (buffet): a inspiração é "africana", mas as ofertas desse buffet são muito variadas e bem gostosas. Desde banana frita e cuscuz marroquino até corn dogs e nuggets de frango, passando por tabule, homus, picadinho de carne, coalhada seca, pratos à base de curry, legumes refogados... Impossível não achar nada que agrade.



Outros locais da Disney.

Prato do Kouzzina.
1. Kouzzina ***** (à la carte): cozinha grega, localizado no Boardwalk. As agradáveis surpresas começam logo no couvert: pãezinhos quentes acompanhados de dois tipos de azeite (os sabores são completamente diferentes!) e azeitonas. A comida é bem mediterrânea, com muita lula, mexilhões, queijos, tomates, azeitonas, legumes e temperos em suas receitas. Inclui ainda algumas opções de carnes (frango, cordeiro, boi) e massas. Tudo muito saboroso e rico, com a única ressalva de que às vezes a comida pode ser um pouco salgada para paladares mais sensíveis. O onipresente menu infantil também está nesse restaurante.

2. Boardwalk Bakery ***** (padaria): muffins, cinnamon rolls, croissants, bolinho com formato do Mickey, cereais e frutas em porções individuais, além de bebidas quentes e frias. Nessa padaria tem todas as delícias para seu café-da-manhã, menos um lugar para sentar. Se não estiver um dia frio, você pode escolher uma das mesas no deque do Boardwalk e tomar o café apreciando a lagoa. Além do café-da-manhã, também há sanduíches no almoço, mas esses não chegamos a experimentar.

Carrinho de hot-dog no Boardwalk.
3. Pizza Window no Boardwalk *** (fast-food): chegamos tarde do aeroporto e saímos em busca de algo rápido e fora de hora para enganar o estômago até o jantar. Encontramos essa pizzaria, que não nos decepcionou. A pizza é bem ao estilo americano, com massa meio fofa e pouco recheio, mas gostosa e satisfatória. Além disso, fica bem em frente a um carrinho que serve hot-dogs. O chili dog é bem gostoso e mata aquela vontade de comer junk food. Afinal, você não pode sair do EUA sem ter comido algo assim pelo menos uma vez!

Buffet do Cape May.
4. Cape May Cafe ***** (buffet com personagens): localizado no hotel Beach Club. Possivelmente um dos melhores cafés-da-manhã da Disney. Um buffet enorme, com quatro lados, domina a parte central do salão. Quase tudo que seu paladar matinal estiver a fim de provar está disponível: pães, corn breads, donuts, muffins, panquecas, ovos, bacon, frutas frescas e doces, iogurtes, cereais... Mas, pelo menos para nós, a estrela desse buffet é o waffle (diz-se "uófol") com formato de Mickey, regado com um pouco de calda (maple syrup). O lugar não fica muito lotado, então os personagens passam frequentemente pelas mesas, parando para fotos e autógrafos. Geralmente quem frequenta mais esse restaurante são Mickey, Minnie, Goofy e Donald, devidamente paramentados com camisas coloridas e roupas de "férias". Afinal, esse é o Beach Club, o hotel da Disney que tem até uma piscina com fundo de areia...

5. Chef Mickey´s **** (buffet com personagens): localizado no hotel Contemporary, pertinho do Magic Kingdom. Se possível, chegue a esse hotel de monorail. Esse foi um dos primeiros hotéis da Disney, e o monorail passa literalmente dentro dele. O restaurante é enorme e barulhento, principalmente porque não tem parede separando-o do lobby com pé direito altíssimo, além de ser cheio e agitado. Os personagens são bem parecidos com os do Cape May, só que no Chef Mickey´s usam roupas de chef, com direito a toque (chapéu branco) e tudo mais. O buffet é bem grande e variado; não tem nenhuma comida que se destaque, mas também não tem nada ruim.

Stitch faz a festa no
Ohana.
6. Ohana *****(family style com personagens): localizado no hotel Polynesian, perto do Magic Kingdom. Esse hotel também está na rota do monorail, então chegar aqui é bem conveniente. Uma boa opção é vir de carro para o café-da-manhã, deixá-lo no estacionamento do hotel e pegar o monorail para o Magic Kingdom, para passar o dia. O restaurante em si é agradável e as opções do café-da-manhã, deliciosas. As porções são trazidas à mesa pelo garçom, em grandes travessas. Os corn breads são muito bons, saem quentinhos da cozinha, acompanhados de salsichas, bacon, ovos. Para os que não gostam de opções tão pesadas, também há frutas, iogurte, cereais. Tudo é trazido à mesa, portanto não há a necessidade de ficar indo ao buffet a cada cinco minutos. Além da comida muito boa, os personagens desse café-da-manhã são muito simpáticos: Lillo e Stitch animam as crianças e adultos, dançando com os visitantes, que recebem colares de flores havaianos (podem ser levados pra casa) e maracas (devem ser deixados no local) para incrementar a diversão. O Mickey também aparece por aqui, mas nesse caso não é exatamente a estrela. As crianças gostam bem mais do Stitch!

7. Fulton´s Crab House **** (à la carte): frutos do mar, localizado em Downtown Disney. Ambientado como se fosse um barco, o restaurante é bem grande e o layout, um pouco confuso. Na verdade o "barco" é uma construção de alvenaria em terra firme, portanto não se preocupe com o "balanço do mar". A comida aqui é bem fresca e gostosa, especialmente as patas de king crab, que são gordinhas e macias, e já vêm com a casca cortada. Basta puxar um dos lados e a carne branca e suculenta sai inteirinha de lá de dentro, pronta para você saborear. Além disso há lagostas, peixes e outros frutos do mar. Para os que não gostam, há opções da terra também, bem como o infalível menu infantil. A carta de vinhos também tem boas opções. Com tudo isso, você deve estar perguntando: será que esse lugar tem algum defeito? Sim: o serviço é um pouco atrapalhado, a fila é longuíssima (reserve antes de sair de casa), e é bem caro. Se tiver com o orçamento folgado, vale a visita. Se o dinheiro estiver apertado, opte por outro lugar.

Fora da Disney.

Fachada do Confisco.
1. Confisco **** (à la carte): restaurante "mexicano" localizado dentro do Islands of Adventure, pertinho da entrada. É uma das duas opções de restaurantes full service do parque. O outro, Mythos, foi eleito o melhor restaurante de parque de diversões dos EUA pelo Theme Park Insider, ou seja, é impossível comer lá sem uma reserva. Já no Confisco, apesar de um pouco de fila, é mais fácil conseguir uma mesa. O serviço é um pouco falho (o garçom some às vezes, provavelmente por falta de pessoal), mas a comida é bem gostosa, apesar de não ser lá muito mexicana. Os preços também não são caros, então é uma boa opção dentro do IOA.

2. Kid Zone Pizza Company ** (fast-food): localizado no Universal, perto da área infantil (Kid Zone). Uma opção adequada apenas pela conveniência de reabastecer rapidinho sem sair de perto dos brinquedos, para famílias com crianças menores. A pizza não é ruim mas não chega nem aos pés da pizza do Pinocchio no Magic Kingdom, por exemplo.

3. Emeril´s *** (à la carte): é um dos restaurantes do Citywalk, o centrinho do Universal. Por ser um dos restaurantes do chef-celebridade Emeril Lagasse, esperávamos mais desse lugar. A decoração é sóbria e elegante, com uma adega de vinhos cobrindo várias paredes. A atmosfera é descontraída (afinal, você está num parque de diversões), mas o serviço e a comida poderiam ser melhores. Molhos pesados, frituras meio murchas, comida um pouco salgada, e tudo demorou um pouco para chegar. O pior de tudo é que não foi barato...

4. Cheesecake Factory ***** (à la carte): um restaurante de rede, localizado no shopping Mall at Millenia. Chegue cedo, ou prepare-se para esperar. Esse é um dos nossos restaurantes preferidos em todos os EUA - qualquer cidade que visitamos, sempre procuramos para ver se há um Cheesecake Factory por perto. O serviço é rápido, a única coisa que demora mesmo é você conseguir ler o menu até o fim. A quantidade de opções é de deixar qualquer um tonto, mas o consolo é que aqui não tem como errar: tudo é gostoso e, o melhor de tudo, os preços são muito bons! As porções (como seu garçom fará questão de avisar) são enormes, portanto um pedido de 2 pratos é suficiente para uma família de 4 pessoas. Além disso, você precisa guardar um espacinho para a sobremesa: o Cheesecake que dá nome ao restaurante é, com certeza, o melhor que você comerá na vida. E cuidado: também é enorme, então a peça só um para ser dividido pela família toda.

Agradecemos à nossa leitora Giovana Rodrigues, que compartilhou mais essas dicas sobre o PF Chang´s e Opa Grill, que ficam em Orlando, fora da Disney:

"PF Chang: fica no Mall at Millenia é um chinês BBB, bom, bonito e barato, se vocês forem experimentem o wrap chicken lettuce de entrada, é muito bommmm." Comentário do FR: já estivemos no PF Chang em outras cidades dos EUA. É uma delícia, o custo-benefício é excelente e o ambiente, muito legal.

"Opa Grill: é um restaurante grego no Segundo andar do Pointe Orlando na International Drive, que também é muito bom, e tem um garçom brasileiro chamado Bruno que sempre quebra o galho com a tradução do cardápio."

Nossa leitora Odette também compartilhou uma opção de restaurante que ela gostou bastante...

" Um restaurante que gostamos muito é o Olive Garden (International Drive). A comida é bem gostosa e o preço acessível. Na entrada eles sempre servem uma salada com muitas folhas e um molho bem gostoso, fora uns garlic breadsticks deliciosos, incluídos no preço do prato! Vale a pena experimentar. Como é uma rede, tipo a Cheese Cake Factory, você encontra este restaurante em várias cidades."

... e outro que ela não indica:

"Não indicamos o Cici´s Pizza (International Drive), trata-se de um rodízio à la USA bem fraquinho. Com uma pizza de massa grossa e sem graça!"
Bem, esses restaurantes que pudemos experimentar são apenas a ponta do iceberg das inúmeras opções de alimentação que a Disney e Orlando têm para oferecer. Pesquise bastante em guias e sites antes de fazer suas reservas, e não se arrependerá. Como você deve ter notado, a época em que só hambúrgueres secos e sem gosto ou hot-dogs sem acompanhamento algum eram as únicas opções nos parques já passou, e agora o que não falta são alternativas para se comer bem. Talvez a companhia do Rémy tenha ajudado o Mickey a desenvolver um gosto por boa comida... E quem sai ganhando somos nós!